Guayaquil

maior cidade do Equador e capital da província de Guaias

Guayaquil é a maior cidade do Equador. A cidade foi fundada a 25 de julho de 1538 sob o nome de “"Muy Noble y Muy Ciudad de Santiago de Guayaquil" pelo conquistador espanhol Francisco de Orellana. Antes de a cidade ser fundada pelos espanhóis, era uma aldeia de nativos.

Em 1600 Guayaquil tinha uma população de cerca de 2000 pessoas e em 1 700 rondava os 10 000 habitantes.

Em 1687, Guayaquil foi atacada e saqueada por piratas Ingleses e Franceses sob o comando de George d'Hout (Inglês) e Picard and Groniet (Francês). Dos mais de 260 piratas, 35 morreram e 46 ficaram feridos; 75 defensores da cidade morreram e mais de 100 foram feridos. Os piratas tomaram as mulheres locais como suas concubinas e Quito pagou o resgate pedido pelos piratas, na condição de eles libertarem os reféns e e não queimarem Guayaquil.

Em 1709 os capitães Ingleses Woodes Rogers, Etienne Courtney e William Dampier, e 110 outros piratas, saquearam Guayaquil e pediram resgate; no entanto, eles subitamente  partiram sem recolherem o resgate por causa de um surto epidémico de febre amarela.

A 9 de outubro de 1820, praticamente sem derramamento de sangue, um grupo de civis, apoiados por soldados dos um batalhão aquartelado em Guayaquil, esmagou a resistência dos guardas da Realeza e prenderam as autoridades espanholas. Guayaquil declarou independência de Espanha, tornando-se a "Provincia Libre de Guayaquil". Hoje Guayaquil é o porto principal e centro financeiro do Equador.

ChegarEditar

CirculeEditar

Por MetroviaEditar

Metrovía é um moderno sistema de transporte rápido de ônibus que funciona principalmente de norte a sul e de leste a oeste da cidade. A tarifa por viagem custa 25 centavos (a partir de 2017). Você pode usar dinheiro ou cartão eletrônico (la Tarjeta Metrovía) para pagar. É um sistema de transporte confiável e fácil de navegar; tem ônibus modernos e paradas. Oferece uma boa conexão entre o centro da cidade e o principal terminal rodoviário e o aeroporto. O terminal Rio Daule fica do outro lado da rua do principal terminal de ônibus e a algumas quadras (cerca de 15 minutos a pé) do aeroporto. Combine o código do ônibus (por exemplo, T1, CS, T3) com a estação para onde você está indo, pois nem todos os ônibus param em todas as estações. Você pode usar o mapa postado em cada estação para esta finalidade. As seguintes estações passam perto de algumas atrações turísticas: La Catedral, Las Peñas, Jardines del Malecón, Banco Central e Biblioteca Municipal.

De ônibusEditar

Dentro da cidade, o sistema de ônibus local é confuso, mas os habitantes locais o ajudarão a chegar onde você deseja ir. É também a maneira mais barata de se locomover pela cidade, pois não há sistema de metrô. Para as mulheres, é mais seguro sentar-se na frente, perto do motorista. O ônibus não é uma boa ideia em Guayaquil. Os meninos pegam seus celulares e outros itens. Peça um táxi no hotel onde estiver hospedado. Pegue a identidade do motorista e um cartão de visita dele. Nem todos os táxis amarelos são seguros. Viaje em pares à noite.

VejaEditar

FaçaEditar

CompreEditar

ComaEditar

Beba e saiaEditar

DurmaEditar

PartirEditar

Este artigo está delineado. Ele já segue um modelo adequado, mas não contém informações suficientes sobre o assunto.

Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!