Cataratas do Iguaçu

conjunto de quedas d'água entre o Brasil e a Argentina
América do Sul > Cataratas do Iguaçu


As Cataratas do Iguaçu ficam na cidade de Foz do Iguaçu no estado brasileiro do Paraná.

EntendaEditar

As Cataratas do Iguaçu (ou Cataratas del Iguazu, em espanhol) são formações no rio Iguaçu de diversas quedas de água, as quais proporcionam um espetáculo inesquecível devido à sua grandeza As cataratas se localizam no Parque Nacional do Iguaçu(BRA)e no Parque Nacional del Iguazú (ARG)considerados Patrimônio Mundial (UNESCO) A palavra Iguaçu significa "água grande", na etimologia tupi-guarani. As Cataratas são formadas pelas quedas do rio Iguaçu. Dezoito quilômetros antes de juntar-se ao rio Paraná, o Iguaçu vence um desnível do terreno e se precipita em quedas de 65 m de altura em média, numa largura de 2780 m. Descobrimento

Geologicamente, a formação da região é estimada a 150 milhões de anos atrás para a sua criação sendo que o fenômeno da formação geográfica das cataratas, só teve seu inicio aproximadamente 200 mil anos atrás. Segundo a história, o primeiro europeu a encontrar as Cataratas em 1542, foi o espanhol Álvar Nunez, sendo que até hoje, nas Cataratas, há uma placa em sua homenagem pelo descobrimento da área quando em sua segunda viagem a America do Sul, descobriu uma das maravilhas do mundo até então escondida

O rio Iguaçu mede 1200 m de largura acima das cataratas. Abaixo, estreita-se num canal de até 65m. A largura total das Cataratas no território brasileiro é de aproximadamente 800m e no lado argentino de 1900m. Dependendo da vazão do rio, o número de saltos varia de 150 a 300 e a altura das quedas varia de 40 a 82 metros resultando numa largura de 2.700 metros, com formato semicircular. A vazão de água média do rio em torno de 1.500 m3 por segundo, variando de 500 m3/s nas ocasiões de seca e de 6.500 m3/s nas cheias.

As quedas isoladas podem chegar a quase 300, dependendo do volume de água do rio, reduzindo para menos de 20 em tempo de cheia. Os grandes saltos são 19, três deles do lado brasileiro (Floriano, Deodoro e Benjamin Constant) e os demais no lado argentino. A disposição dos saltos -a maior parte deles no lado argentino e voltados para o Brasil - proporciona a melhor vista para quem observa o cenário a partir do Brasil.O maior e com maior volume de água é a Garganta del Diablo (Garganta do Diabo,em português).


Por toda parte o estrondo das águas é sentido. A região está coberta por floresta atlântica.

Clima Subtropical, com verão quente e úmido.

ChegarEditar

O jeito mais facil de você chegar nas cataratas pelo lado brasileio é de avião, chegando no aeroporto internacional de Foz de Iguaçu, mas também pode se chegar de carro e de ônibus, só que a viagem é muito cansativa.Você pega um ônibus, que desce ao 1º mirante

Taxas e permissões O valor da entrada e estacionamento variam, o melhor é buscar esta informação sempre atualizada na página do atrativo.

Por favor, não alimente os quatis. Por mais que eles tentem avançar na sua comida. A nossa alimentação não é ideal para eles, que são animais selvagens. Também evite que os quatis o mordam ou arranhem,pois a mordida ou arranhão causa raiva.

CirculeEditar

Dentro do Parque Nacional do Iguaçu existem várias opções de passeios, além da trilha panorêmica que está inclusa no ingresso de entrada no Parque.

O ideal é usar roupas leves e de preferência tênis, protetor solar e repelente. Não esqueça da máquina fotográfica para registrar este espetáculo natural.

VejaEditar

  • . Diariamente, 9-17h. Não são as mais altas (Salto Ángel na Venezuela) nem as mais volumosas (Victoria Falls na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbábue) do mundo, mas podem seguramente ser as mais belas e impressionantes.

FaçaEditar

  • Passeios de barco até bem perto das quedas
  • Uma visita ao Parque das Aves e tenha um contato direto com os pássaros

É possível fazer rapel, rafting, arvorismo, safári, passeio de barco no Rio Iguaçu, caminhadas em meio a floresta, a pé, de bicicleta ou em jipe elétrico.

Há até a opção de ter uma vista panorâmica de helicoptero

Vá ao elevador (mirante)para apreciar melhor.

CompreEditar

Nas lojas de souvenirs que ficam dentro do Parque. Lá há roupas personalizadas,pelúcias(animais nativos),livros e miniaturas.

ComaEditar

Tem cafeteria logo na entrada, no centro de visitantes. Durante o trajeto da trilha panorâmica existem lanchonetes de apoio, você vai precisar, ao menos para tomar uma água durante a caminhada.

Ao final do passeio, você encontrará a lanchonete com opções de fast food, café e também o Restaurante Porto Canoas (12-16h), que fica sobre o Rio Iguaçu, uma das mais belas vistas.

BebaEditar

Nas lanchonetes de apoio durante a trilha, ou ao final do passeio, na lanchonete ou Restaurante Porto Canoas.

DurmaEditar

Há várias opções, para todo tipo de orçamento, tanto em Puerto Iguazú quanto em Foz do Iguaçu. É proibido acampar dentro dos Parques Nacionais.

SegurançaEditar

Você precisará de algumas coisas

  • Uma capa de chuva , pois quando você chega perto,espirra água
  • Um mapa(disponível nos caixas)caso você se perder
  • Repelente
  • Água

- Cuidado com os quatis,sua mordida e arranhadura transmite a raiva - Não ultrapasse as cercas de proteção do caminho e dos mirantes

PartirEditar

Espero que tenha gostado da viagem, compartilhe com seus amigos o que fez!


Este artigo é usável. Ele contém informações sobre o parque, umas das suas atrações, e acomodações disponíveis lá. Uma pessoa mais corajosa poderia utilizá-lo para viajar, mas por favor mergulhe fundo e ajude-o a crescer!