Braga

município e cidade de Portugal

Braga é uma cidade de Portugal. É conhecida por ser a cidade dos Arcebispos ou cidade Romana portuguesa. É uma das mais antigas cidades portuguesas e uma das cidades cristãs mais antigas do mundo.

EntendaEditar

Braga conta com mais de 2000 anos de história. Na época do Império Romano, chamava-se Bracara Augusta. Situa-se numa terra de transições de Este para Oeste, a Este as serras (durante o Inverno com neve) e o parque Nacional da Peneda-Gerês, e a Oeste as praias litorais do Norte de Portugal.

Braga tem um centro histórico muito bem conservado e foi uma das cidades portuguesas que mais exemplarmente conservou o seu património, mais concretamente o da época barroca.

ChegarEditar

De aviãoEditar

Os aeroportos mais próximos são: Aeroporto Francisco Sá Carneiro (Porto; 50 km), Aeroporto da Portela (Lisboa; 350 km), e na vizinha Espanha o Aeroporto de Vigo (125 km).

AEROPORTO DO PORTO - BRAGA Uma vez chegado ao Aeroporto do Porto poderá apanhar os seguintes transportes até ao centro da cidade de Braga:

Comboio/Metro Apanhe o Metro até à estação da Campanhã ou a estação de São Bento, de seguida apanhe o comboio que o levará até à estação de caminhos de ferro de Braga. Duração: 2h00 Preço (aprox.): € 5 MetroComboios

Autocarro Transfer direto que estabelece a ligação entre Braga - Aeroporto do Porto e vice-versa, opera todos os dias. Duração: 50 min Preço: € 8 ida - € 14 ida e volta Get Bus

Táxi A praça de táxis está situada no exterior do piso das chegadas do Aeroporto do Porto. Duração: 40 min Preço (aprox.): € 60

De comboio/tremEditar

A estação de comboios de Braga fica no Largo da Estação. Existem ligações diárias de Alfa-Pendular de Lisboa e Porto. Existem também ligações a quase todas as cidades importantes do país.

De autocarro/ônibusEditar

Ligações regionais diárias a todo noroeste português, e ligações Expresso e Renex diárias às mais importantes cidades de Portugal. Ligações semanais a Paris, Bourdeus, Madrid, entre outros.

De carroEditar

A cidade possui ligação à E1 ou IP1 e o IP9. O E1 a sul atravessa o litoral português e a norte o noroeste Espanhol, o IP9 liga as praias a Oeste e o interior do país.

CircularEditar

De autocarro/ônibusEditar

Os transportes urbanos tub oferecem transporte para todos os pontos de interesse. Durante o Verão circula também pela cidade o BragaTour. O BragaTour percorre os mais importantes monumentos de Braga.

De carroEditar

A cidade possui uma moderna circular urbana e várias variantes de acesso. Possui também vários parques de estacionamento subterrâneos no centro da cidade.

VejaEditar

 
Santuário do Bom Jesus do Monte
 
Elevador do Bom Jesus do Monte
 
Torre de Menagem
 
O Largo do Paço
  • Santuário do Bom Jesus do Monte - Igreja barroca. A igreja e parte do escadório são autoria de Carlos Amarante e foram iniciadas em 1776. Tem um elevador movido a água que liga a base do escadório e o topo deste. Tem-se magníficas vistas de Braga.
  • Santuário do Sameiro - Um outro santuário, perto do Bom Jesus. Em Agosto realiza-se aqui uma famosa romaria. Tem boas vistas e uma mata frondosa.
  • Sé de Braga - Veio a substituir um outro templo destruído em 967. Em 1070 já havia um esboço do novo edifício; em 1089 era sagrado o altar da inacabada catedral pelo bispo D. Pedro. É portanto mais antiga que o próprio Reino de Portugal (formado em 1141). As obras da catedral só acabariam no século XVIII. Um dos pontos de interesse são os dois enormes órgãos barrocos.
  • Jardim de Santa Bárbara - Considerado por muito o mais bonito jardim bracarense, pode ser encontrado no centro histórico. No cruzamento da rua do Souto com a rua Justino Cruz, quem caminhe do Arco da Porta Nova para a Arcada, só tem que virar à esquerda. Fica nas traseiras do antigo paço arquiepiscopal. Está dividido em talhões, cada um com flores de uma cor diferente. No centro, um chafariz sobressai do conjunto.
  • Antigo Hospital de S. Marcos - Um complexo monumental constituido por uma igreja e um hospital, ambos em estilo barroco.
  • Arco da Porta Nova - A verdadeira entrada para o centro histórico de Braga. É encimado por uma figura femenina, associado por vezes a uma representação simbólica de Braga.
  • Capela de São Frutuoso de Montélios - Uma capela do ano 650, agregada a uma igreja franciscana barroca. O interior tem arcos em ferradura.
  • Casa dos Crivos - Fica na rua de São Marcos. Destacam-se as portas e janelas em reixa.
  • Largo do Paço - Fica no centro histórico de Braga, não muito longe da sé. No centro deste largo está um chafariz barroco.
  • Convento do Pópulo - De raiz quinhentista, foi transformada mo século XVIII. Destacam-se a sacristia e os azulejos.
  • Estado Municipal - Construído numa antiga pedreira, foi desenhado pelo arquitecto Souto Moura.
  • Paços do Concelho - Compõe um dos lados da chamada praça municipal. Da sua fachada barroca sobressai a imagem de Nossa Senhora do Livramento. No interior há uma série de azulejos representando monumentos da cidade.
  • Palácio do Raio - Uma obra-prima do rócócó, com uma fachada em azulejos e com varandas elaboradíssimas. No interior está o museu da Misericórdia.
  • Theatro Circo - O teatro de Braga. Alvo de uma restauração recente, recuperou todo o seu esplendor de interiores. Situa-se na Av. Da Liberdade, um pouco abaixo da Arcada.
  • Arcada - É uma zona alpendrada no centro bracarense, onde confluem a rua do Souto, a Avenida da Liberdade e a Avenida Central. Aqui se situam cafés de referência, como o Vianna.
  • Largo de São João de Souto - Para além do hospital de S. Marcos, tem como pontos de interesse a Casa dos Coimbras e um jardim.
  • Praça Velha - Fica à entrada da rua do Souto. É um dos melhores exemplos de como era a cidade medieval. Tem vários restaurantes, esplanadas e lojas tradicionais.
  • Capela do Divino Espírito Santo - A Capela do Espírito Santo, feita em pedra, é quinhentista e foi mandada construir em 1567 por Balthasar Carneiro, Abade de Nogueira como lembra uma pedra embutida no interior da capela-mor, acompanhada ainda de uma lápide que diz que foi reformada com grande aumento à custa da Confraria no ano de 1825 e restaurada em 1973. A imagem que se venera na capela e está na base do altar-mor é a do Divino Espírito Santo significando o Pai (imagem a vermelho), Filho, Cristo na Cruz, e Espírito Santo, o símbolo da Pomba que aparece na tela rodeada por bustos de anjos. À direita, também no altar, está a imagem de S. Bento e à esquerda S. Sebastião colocados sobre mísulas de madeira. Os altares existentes na Capela são em talha dourada. Ao centro da Capela existem ainda mais dois altares laterais possuindo o do lado direito a imagem de Sto. António, antecedida pela imagem recente de Nossa Senhora de Fátima e seguida da imagem do Senhor dos Passos também em madeira, talvez de Oliveira, com a cidade de Jerusalém pintada no niche da parede. No lado esquerdo vê-se uma imagem de S. José, depois a de Nossa Senhora da Saúde e seguidamente as imagens, colocadas em 1991, de S. Judas Tadeu e menino Jesus sobre peanhas de pedra. Na capela encontra-se ainda a Sagrada Custódia em prata considerada a mais rica jóia paroquial, e ainda uma antiga imagem do Espírito Santo. Faz ainda parte da capela do Espírito Santo a bandeira com os dizeres "Abençoai-nos Senhor, Nogueira 1990" com um bonito desenho desta capela e ainda dois Missais um de 1793 Romano e outro Bracarense de 1924 com as orações da missa para todos os dias do ano. Todos os anos celebra-se as Festividades em Honra do Divino Espírito Santo.

MuseusEditar

  • Museu da Imagem - Fica na entrada da rua do Souto, numa das torres da antiga cerca medieval. Expões uma coleção de fotografia sobre a cidade.
  • Museu dos Biscainhos - Um antigo solar barroco, com mobiliário e jardins cuidadosamente preservados, mostra a vida quotidiana da aristocracia minhota.
  • Museu D. Diogo de Sousa - Um organismo científico-cultural no âmbito disciplinar de arqueologia, com atividades básicas nos domínios do apoio à investigação, da museologia, da divulgação cultural, do apoio ao ensino e à defesa e preservação do património arqueológico regional.
  • Museu Pio XII - Museu de Arte Sacra, Arqueologia, Pintura, Devocionária, Pintura. Museu Henrique Medina.

FaçaEditar

EventosEditar

  •  
    Guarda pretoriana na Braga Romana
    Semana Santa - As festas da Semana Santa são o cartaz turístico da cidade. Incluem várias procissões solenes, e o seu itinerário principal é a rua do Souto. Os desfiles recebem um toque especial dos penitentes descalços e tocando matracas.
  • A Festa em Honra do Divino Espírito Santo - Uma das festas mais antigas da cidade de Braga, realizada na Capela do Divino Espírito Santo situada na freguesia de Nogueira.
  • Noite Branca - A NOITE BRANCA é uma iniciativa cultural e de lazer que tem por objetivo celebrar a cidade, as suas infraestruturas, a cultura. É um evento aberto à comunidade e a visitantes.
  • Braga Romana - O Evento “Braga Romana”, tem o propósito de comemorar os primeiros tempos de vida de Bracara Augusta.
  • S. João - Santo popular da cidade de Braga.

AtividadesEditar

  • Um passeio pela rua do Souto - Reservada para peões. Fica entre o Campo das Hortas e a Avenida Central. Aqui se desenrolam os momentos principais dos festejos da Semana Santa. Aqui fica o tradicional Café Brasileira.

AprendaEditar

TrabalheEditar

CompreEditar

  • Rua do Souto - Entre o Campo das Hortas e a Avenida Central é a mais comercial das ruas bracarenses. Há muitas lojas antigas, mas também há uma grande concentração de estabelecimentos e marcas de prestígio.
  • Centros Comerciais:
    • Braga Shopping;
    • Braga Parque.

Lojas antigasEditar

 
A Negrita
  • A Negrita, 177, Avenida Central. (lat=41.551739, long=-8.418951). Casa fundada em 1948, venda de café (e um pouco de chá).
  • Correaria Moderna, 135, Rua dos Chãos (lat=41.553585, long= -8.423792). Venda de cintos, malas e outros desde de 1914.
  • Mercado de S. João, 5, Rua de São João (lat=41.550122, longitude=-8.426278). Mercearia desde 1894.

ComaEditar

 
Este artigo ou secção não está de acordo com nosso manual de estilo e precisa ser editado. Por favor mergulhe fundo, dê-lhe um pouco de sua atenção e ajude-o a melhorar!

Pudim Abade de Priscos
O Pudim Abade de Priscos é um pudim típico de Braga, sendo uma das poucas receitas que o famoso cozinheiro do século XIX abade de Priscos transmitiu para o público.

O pudim ficou conhecido quando Pereira Júnior, director do Magistério Primário feminino de Braga no antigo Convento dos Congregados, pediu ao Abade de Priscos receitas para ensinar no magistério.

É fácil de encontrar em qualquer restaurante de comida tradicional de Braga.

EconômicoEditar

  • Frigideiras do Cantinho (Largo de S. João do Souto, 1; Tel.: (+351) 253 263 991) - Famoso pelas suas "Frigideiras" (pastéis folhados com carne) e pelo seu bolo romano.
  • Inácio (Campo das Hortas, 4; Tel.: (+351) 253 613 235).
  • São Frutuoso (Rua Costa Gomes, 168; Tel.: (+351) 253 613 235).
  • Restaurante O Camponês (Rua Monsenhor Airosa, 62; Tel.: (+351) 253 275 149).
  • Bira dos Namorados Rua D. Gonçalo Pereira, 85, 253 039 571 . Restaurante de hambúrgueres · Local de espectáculos · Bar
  • DeGema Hamburgaria Artesanal Rua Dr. Justino da Cruz, 90, 4700-314 Braga, 253687262 , . Gelataria · Restaurante de hambúrgueres
  • Taberna Belga, Rua Cónego Luciano Afonso dos Santos loja 1A, São Vicente Braga, 253625098 . Restaurante · Cervejaria · Taberna

MédioEditar

  • Bem-me-Quer (Campo das Hortas, 5; Tel.: (+351) 253 262 095).
  • 1 Ristorante Mammamia, Praceta Amândio Ferreira Pinto nº 8 – 10 Gualta, (+351) 253 281 232 , . Restaurante Italiano Pizzeria

EsbanjeEditar

Beba e saiaEditar

  • A Brasileira - juntamente com o Vianna é um dos cafés mais tradicionais de Braga.
  • Vianna
  • Spirito Cupcakes & Coffee - uma alternativa ao café tradicional, aos bolos típicos e aos gelados industriais.
  • Colinatrum - localizado numa área mais tranquila da cidade
  • Mirante Bar - Bar, Divertimento, Lounge

DurmaEditar

EconómicoEditar

MédioEditar

  • Pousada de Braga - São Vicente, Hotel de Charme Largo de Infias 4710-299 Braga, (+351) 253 209 500 , fax: (+351) 253 209 500, .

EsbanjeEditar

Mantenha contatoEditar

O código telefónico para a área da cidade de Braga é 253.

SegurançaEditar

Braga, no geral, é uma cidade bastante segura. No entanto convém ter cuidado com os seus pertences; não os deixe à vista.

  • GNR (Guarda Nacional Republicana), Tel: +351253689820, Fax: +351253689828, e-mail: ct.brg.dbrg@gnr.pt
  • PSP (Polícia de Segurança Pública), Tel: +351253200420
  • PJ (Polícia Judiciária), Tel: +351253255000, Fax: +351253255001, e-mail: dic.braga@pj.pt
  • PM (Polícia Militar), Tel: +351253609740, Fax: +351253609747, e-mail: policia.municipal@cm-braga.pt

SaúdeEditar

QuotidianoEditar

PartirEditar

 
Mosteiro de Tibães.

Não muito longe de Braga fica a cidade de Barcelos, famosa sobretudo pelo artesanato e pelos seus monumentos. Outra opção bem perto é Caldelas, muito conhecida pelas suas termas que funcionam ainda nos dias de hoje. São Bartolomeu do Mar é outra boa opção, cenário de uma das mais famosas romarias de Portugal (em agosto).

Em Rendufe, a 9 km de Amares, vale a pena visitar a igreja e as ruínas do mosteiro beneditino.

Nos arredores de Braga há ainda o Mosteiro de Tibães (casa-mãe da ordem beneditina em Portugal e no Brasil no século XVI), a Ponte do Porto (uma ponte medieval que atravessa o rio Cávado), o Mosteiro de Santa Maria do Bouro (agora uma pousada), o Santuário de Nossa Senhora da Abadia e a Igreja de Abade de Neiva, na localidade homónima, e a Igreja de São Frutuoso de Montélios (uma igreja visigótica nas proximidades de Braga).

A 30 minutos de Braga (seja via Amares ou pelas estrada para Chaves) ficam as Caldas do Gerês e a Caniçada, uma das portas de entrada para o Parque Nacional da Peneda-Gerês. Aqui poder-se-ão encontrar belas paisagens e aldeias tradicionais.



Este artigo está delineado. Ele já segue um modelo adequado, mas não contém informações suficientes sobre o assunto.

Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!